outubro 11 2019 0Comment

Como Conseguir Medicamentos Gratuitos Pelo SUS?

O SUS disponibiliza medicamentos gratuitamente à população

O Brasil, diferente de muitos outros países no mundo, como Estados Unidos por exemplo, tem um investimento em saúde pública. Todos os brasileiros têm direito a receber uma carteirinha do Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimento gratuito em pronto-socorro em tratamentos de longo prazo.

Por meio do SUS, um brasileiro tem pode ter o simples atendimento para avaliação da pressão arterial, por meio da Atenção Básica, e até mesmo o transplante de órgãos, garantindo acesso integral, universal e gratuito para toda a população do país. 

É também por meio dele que todo cidadão brasileiro tem acesso a um medicamento gratuito, garantido pela Constituição Federal de 1988.

O Brasil de Fato foi às ruas e ouviu a pergunta de Bruna Campos, que quer saber como conseguir medicamentos gratuitos pelo SUS. Quem responde a pergunta é Maira Ribeiro, farmacêutica que atua no SUS há mais de 15 anos. 

“O SUS disponibiliza medicamentos gratuitamente à população, que constam de uma relação nacional, que é uma lista onde estão todos os medicamentos considerados essenciais para tratamento das doenças presentes no nosso país. Basicamente, temos três tipos de medicamentos. 

Os medicamentos considerados do componente básico, destinados a tratar doenças mais prevalentes, como a hipertensão, do diabetes, do colesterol alto etc. Então, para conseguir acesso a esses medicamentos basta apresentar um receituário médico válido e um documento de identificação com algumas peculiaridades a depender do município. 

O segundo é o componente especializado, medicamentos destinados a tratamentos de doenças mais complexas, ou para as doenças cujo tratamento disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) não foi suficiente ou não foi considerado eficaz. Esses medicamentos geralmente são dispensados por farmácias estaduais e tem alguns exames comprobatórios da doença que são necessários apresentar para ter acesso a esses medicamentos. 

O terceiro, são os medicamentos considerados estratégicos, que se destinam  a tratar às endemias, como malária, esquistossomose, ou mesmo a tuberculose e a hanseníase. Esses medicamentos não são simplesmente dispensados, mas fazem parte do tratamento oferecido pelo SUS. 

Por fim, não pertencem a nenhum outro componente os medicamentos que se destinam ao tratamento de câncer, que estão atrelados ao tratamento, então não há uma farmácia para dispensar medicamentos de câncer, mas o paciente é encaminhado pela unidade básica de saúde para fazer seu tratamento no SUS e nesses hospitais, de alta complexidade, recebem todo o tratamento necessário”  

Edição: Katarine Flor

Fonte: Brasil de Fato.

admin

Escreva uma resposta ou comente